Entry: ornitorrinco Friday, October 28, 2005



nada mais que um dedo sobre a mesa contra uma parede resta
e que aponta esse dedo
um caminho
não obstante o que já se fez
ou o que se deixou de fazer.
um animal bebé
um feto
rouxo
róseo
um dedo pequeno
entre a mesa e a parede
o hematoma a nódoa
o nojo
o caminho aberto sobre os olhos
sobre as mesas entre as paredes
da alma
o dedo magoado aponta um caminho
mais ou menos estranho e mais ou menos difícil.
por entre os cabelos ossos e cinzas
ossa
et
cinera
de facto.

obiit die.

   0 comments

Leave a Comment:

Name


Homepage (optional)


Comments